A carregar...



A QUEM SE DIRIGE

Crianças

CRIANÇAS


No Vitamina P recebemos e acompanhamos crianças e adolescestes, que procuram ajuda para ultrapassar os desafios inerentes a esta fase do desenvolvimento. A atuação do psicólogo estende-se, quando necessário, a outros contextos da vida, nomeadamente, escola e família, com quem trabalha em parceria.

No caso das crianças, a procura de ajuda especializada parte da iniciativa do adulto, ao confrontar-se com situações com as quais não consegue lidar: enurese/encoprese, medos persistentes, perturbações do sono, dificuldades sociais, comportamentais, emocionais, adoção, divórcio, luto, ansiedades, dificuldades escolares e de aprendizagem, entre outras.

As sessões com crianças são lúdicas, usando como ferramenta primordial o jogo simbólico de forma a facilitar a expressão dos sentimentos, problemas ou dificuldades.


ADOLESCENTES E JOVENS


A adolescência é por si só uma fase cheia de desafios! Um corpo em constantes transformações físicas e emocionais, externas e internas, com as quais o adolescente e o jovem têm que lidar e às quais se têm que adaptar.

A procura de apoio especializado nesta fase, pode ou não partir do próprio adolescente ou jovem e a motivação pode estar relacionada com diversas questões, entre as quais: a escolha de uma profissão, dificuldades relacionais, comportamentais ou académicas, depressão, problemas de autoestima, autoimagem e autoconceito.

As sessões com adolescentes ou jovens têm um foco maior no diálogo intencional com vista a promover momentos de reflexão sobre o problema tendo em vista a mudança.

Qualquer comportamento ou atitude identificada como diferente do habitual, qualquer problema que tome proporções com impacto direto na vida da criança, adolescente ou família, deve constituir motivo de procura de ajuda especializada.

Em caso de dúvida, contacte-nos e em conjunto avaliaremos a situação.


Adolescentes e Jovens
Adultos

ADULTOS


Na vida adulta as solicitações são muitas e a organização pessoal tem que responder a vários estímulos, emoções e desempenhos em diferentes papeis. A sociedade está organizada com um enorme nível de pressão social no adulto, aumentando a probabilidade de tensão, ansiedade e desequilíbrio.

Todos nós temos momentos difíceis nas nossas vidas, onde o acompanhamento psicológico pode fazer toda a diferença no impacto que estas fases terão num futuro próximo e distante. O modo como vemos a situação, como a perspetivamos e as ferramentas que temos para lidar com ela vão determinar o tamanho do sucesso.

O apoio psicológico pode surgir numa situação limite, quando sentimos que já não temos mais forças para gerir a situação, dor ou problema. É possível fazer uma mudança progressiva, ao mesmo tempo que verifica um aumento no seu bem-estar, que é fundamental para se sentir feliz e capaz de (re)agir.

Deve recorrer a um psicólogo quando sente que precisa de ajuda para si ou para um familiar dependente de si. Se se sente ansioso, triste ou angustiado. Se sente que o stress está a perturbar o seu desempenho profissional ou familiar. Se sente que a sua relação com o seu filho precisa de melhorar e não sabe como o fazer, se já tentou tudo o que leu ou ouviu mas vê que o caminho não é por aí. Se sente que não está capaz de resolver a nova situação que lhe surgiu na vida. Se sofreu uma perda significativa e isso está a criar-lhe sentimentos muito fortes e difíceis de controlar. Se sente que a relação que tem com o outro, seja cônjuge, parceiro ou namorado não satisfaz os dois. Se surgiu uma crise familiar e precisa de um mediador no processo. Se simplesmente precisa de ajuda…


SÉNIORES ATIVOS


Quando se avança na idade avança-se também na experiência, nos conhecimentos e na maturidade. Ganha-se um novo olhar sobre o mundo e desenvolve-se uma particular capacidade de refletir sobre o passado, o presente e o futuro. Nesta fase a pessoa não perdeu capacidades, contribuiu para a sociedade e a sociedade prepara-se para a lançar numa nova fase. Surge a hipótese da reforma, surgem os netos e em muitas empresas a oportunidade de trabalho escasseia.

Muitas vezes os problemas e desafios do sénior não estão relacionados com alterações que sente em si mas na forma como a sociedade o vê e o valor que lhe dá.

Acreditamos e sabemos como os seniores são fundamentais numa sociedade e queremos contribuir para que a comunidade em geral, as empresas e as instituições percebam a mais valia das pessoas mais velhas.

Um dia chegará a perda de capacidades e aí passará, independentemente da idade, a ser sénior+.

Deve recorrer ao Vitamina P quando surge na sua vida alguma ansiedade relacionada com a reflexão sobre o passado, o presente ou o futuro.

Se sente que a reforma se aproxima e a quer preparar com toda a força e rigor.

Se vê que a vida lhe dá agora a oportunidade de ter netos e quer repensar a forma de os educar ou apoiar os pais nesta educação, já que o mundo mudou muito nos últimos anos.

Se sente que tem em si um enorme potencial e precisa de ajuda para encontrar como se realizar.

Se pretende desenvolver novas competências numa fase em que tem mais tempo para si.


Seniores
Seniores Mais

SÉNIORES MAIS


O avanço da idade traz uma série de preocupações pessoais e familiares que se revelam na vida de cada um. A família preocupa-se com a perda de algumas capacidades do seu ente querido e com a sua indisponibilidade em acompanhá-lo durante o dia. É importante reforçar a manutenção das competências de cada um e trabalhar o seu bem-estar físico e mental.

Deve recorrer ao Vitamina P quando surgem dificuldades que condicionam o seu dia-a-dia, proporcionando-lhe situações de desconforto.

Se sente que o seu corpo não responde da forma que pretende.

Se sente que a sua memória falha regularmente.

Se sente que a sua família não o percebe.

Se tem pensamentos negativos.


FAMÍLIA


Por vezes a família entra em crise e é preciso atuar de uma forma global e integrada nas relações, restabelecendo padrões de comunicação, ação e interação funcionais.

Muitas vezes surgem crises familiares por fatores externos, outras vezes são fatores internos à própria família que criam desequilíbrio. Quanto mais cedo se atuar maior a probabilidade de sucesso.

Deve recorrer ao Vitamina P, quando sente que a sua família está em sofrimento, em desequilíbrio ou em desarmonia.

Se sente que a sua relação com o seu par está em risco ou não é funcional.

Se sente grande ansiedade no modo como se desenrolam os diálogos e comunicações no seio familiar.

Se sente que existe tensão que desencadeia comportamentos violentos.

Se é vitima de violência, seja ela física, verbal ou emocional.

Se está perante uma situação de divórcio e sente necessidade de ajuda para si e para os seus familiares.


Família
Escolas

ESCOLAS


Em Portugal começam a surgir as primeiras escolas que têm apoio psicológico e pedagógico com resposta nas várias áreas de necessidade da criança, da equipa educativa e dos pais. Este apoio é realizado por uma entidade que tem capacidade de resposta nas várias áreas, dando assim uma resposta adaptada a cada situação.

A primeira área de intervenção nas escolas é o apoio individual em sala de aula ou em gabinete a crianças com necessidades educativas e/ou dificuldades de aprendizagem. Surgem também outras necessidades como os bloqueios emocionais, a perturbação do ambiente escolar e de turma, a ansiedade perante situações de luto ou perdas grandes na vida das crianças.

Numa escola os profissionais são parte fundamental da instituição, devendo-lhes ser dado apoio psicológico na prevenção e promoção do bem-estar, assim como em situações de crise, depressão, ansiedade e dificuldades na relação laboral.

Muitos pais pedem ajuda na escola e quando esta sai fora do âmbito da equipa educativa, a participação do consultório de psicologia pode ser muito útil nas suas mais variadas áreas.

A pedagogia é outra área que começa agora a ser tida em consideração pelas escolas. Habitualmente o pedido de intervenção no modelo educacional da escola surge quando algum elemento da escola se apercebe que o ensino transmissivo já não consegue dar resposta adequada e promotora de felicidade às crianças, jovens, professores e pais. Neste caso, profissionais especializados em pedagogia com formação especifica em análise e aconselhamento fazem uma baseline da situação e propõem diferentes formas de intervenção. Estas são construídas de acordo com a cultura, hábitos e organização da própria instituição, aplicando-se a escolas privadas e públicas.


LARES


Os Lares têm utentes com necessidades muito específicas que precisam de um cuidado detalhado e rigoroso realizado por especialistas em gerontologia, reabilitação, psicomotricidade, fala, entre outras áreas.

Alguns lares pretendem dar uma resposta diversificada e adaptada a cada situação e recorrem por isso a uma equipa multidisciplinar.

A resposta aos lares é dada a três níveis:

  • No apoio individual aos séniores+: a nível psicológico, psicomotor e de terapia da fala.
  • No apoio ao individual aos profissionais da instituição em situações de ansiedade, crise, depressão, entre outras.
  • No apoio à instituição pela oferta de programas de intervenção na instituição, no meio aquático e em gabinete.

Lares
Instituições e Empresas

INSTITUIÇÕES E EMPRESAS


Qualquer profissional pode sentir necessidade de apoio ou terapia e recorrer à própria instituição para ser orientado.

A instituição investe muitas vezes na formação pessoal dos seus profissionais oferecendo programas de desenvolvimento pessoal em áreas determinantes do sucesso profissional e pessoal.

Ao olhar para a instituição como um todo, por vezes encontram-se áreas de intervenção cirúrgicas que melhoram significativamente o desempenho da instituição, como por exemplo a formação dos vários profissionais em resolução de conflitos.

Em que situações deve uma Instituição recorrer ao Vitamina P?

Quando pretende investir na melhoria do ambiente da empresa, num profissional em particular ou numa situação que gera desequilíbrio e ansiedade em vários intervenientes.

Quando a instituição ou empresa sofre um impacto significativo causado por algum factor externo como  fogo, morte de trabalhadores, doença grave de um líder, entre outros.

Quando a instituição quer promover formação e aumentar o grau de eficácia da equipa numa área específica, como as interações positivas, resolução de conflitos, redefinição de prioridades e objetivos da equipa.


Vitamina P - Psicologia, saúde e bem-estar